Onde está situado o conhecimento empresarial?

O conhecimento é o fundamento para as tomadas de decisões inteligentes, previsões, projetos, planejamentos, diagnósticos, análises, estratégias, avaliações e julgamentos intuitivos. É fruto da experiência humana, individual, coletiva e compartilhada. Não surge das bases de dados, mas aparece com a experiência, os sucessos, as falhas e a aprendizagem. É uma riqueza inesgotável e também volátil, visto que começa como experiência individual nem sempre tornada explicita; com possibilidades de perda considerando a rotatividade de pessoal em uma organização, ou seja, as entradas e saídas de funcionários em determinado período de tempo.

Leia o artigo completo.

Denise Bassani*
MBA Gerenciamento de Projetos/ LabCEO/UFF

 

Na cabeça das pessoas?
Nos arquivos eletrônicos corporativos?
Nas pastas volumosas de documentos impressos? 
Nos exercícios de treinamento?
Nas rodinhas de conversa ao redor do cafezinho?

 

Todas as respostas acima estão corretas... O conhecimento nas empresas, repetindo a busca de definição dada pelos clássicos autores Davenport e Prusak [1], "[...] é uma mistura fluida de experiência condensada, valores, informação contextual e insight experimentado, a qual proporciona uma estrutura para a avaliação e incorporação de novas experiências e informações. Ele tem origem e é aplicado na mente dos conhecedores. Nas organizações, ele costuma estar embutido não só em documentos ou repositórios, mas também em rotinas, processos, práticas e normas organizacionais.” (DAVENPORT; PRUSAK, 1998, p.6).

O conhecimento é o fundamento para as tomadas de decisões inteligentes, previsões, projetos, planejamentos, diagnósticos, análises, estratégias, avaliações e julgamentos intuitivos. É fruto da experiência humana, individual, coletiva e compartilhada. Não surge das bases de dados, mas aparece com a experiência, os sucessos, as falhas e a aprendizagem. É uma riqueza inesgotável e também volátil, visto que começa como experiência individual nem sempre tornada explicita; com possibilidades de perda considerando a rotatividade de pessoal em uma organização, ou seja, as entradas e saídas de funcionários em determinado período de tempo.

A gestão do conhecimento, segundo Terra [2], “significa organizar as principais políticas, processos e ferramentais gerenciais e tecnológicos à luz de uma melhor compreensão dos processos de”:

E qual é a finalidade de uma gestão do conhecimento em uma organização?

Gerar resultados econômicos para empresa, benefícios para os colaboradores internos e externos e, como benefício final, a melhoria da qualidade de vida individual e coletiva.

Seguem algumas formas de captação conhecimento nas empresas:

Elementos para captação de conhecimento são fundamentais para estruturar a gestão do conhecimento empresarial. Mas isso basta?

Certamente não!

A empresa deve mapear o conhecimento. Segundo Silva, Soffner e Pinhão[3], mapas de conhecimento evidenciam fontes e indicadores dos mananciais de competências dentro de uma organização para que estejam disponíveis para todos. Mapas não são repositórios.

E a transferência do conhecimento?

Só acontece durante os treinamentos formalizados pela empresa?

Não! O modo mais eficaz para a circulação de conhecimento em uma empresa é a conversação, conforme afirmam Nonaka e Takeuchi[4], Davenport e Prusak, Silva, Soffner e Pinhão. Seguem algumas outras práticas de disseminação de conhecimento.

  • Documentos
  • Seminários
  • Conferencias e congressos
  • Apresentações planejadas
  • Comunidades de prática
  • Workshops
  • Treinamentos
  • Práticas rotineiras de brainstorming
  • Implementação de software para gestão de conteúdos
  • E-Learning
  • Software para arquivamento, disponibilização e atualização de conteúdos
  • CRM ou portais corporativos

A gestão do conhecimento por excelência produz uma riqueza no âmbito corporativo: a inovação! A inovação contínua impele os indivíduos a aprenderem sempre mais, a compartilharem sempre mais e à empresa a galgar posição dianteira no mercado competitivo e, consequentemente, dar oportunidade à maior geração de empregos.

Simplificando:

Criação de conhecimento → inovação contínua → vantagem competitiva.

Citando Scatolin[5], ao apontar a importância da inovação para seus criadores e para a empresa, “o novo conhecimento envolve tanto ideais quanto ideias. É o que serve de combustível para a inovação. Criar novos conhecimentos significa recriar a empresa e todos dentro dela em um processo contínuo de auto renovação organizacional e pessoal.”

Referências:

[1] DAVENPORT, Thomas, PRUSAK,  Lawrence–Conhecimento Empresarial: como as organizações gerenciam o seu capital intelectual – 2ª ed. Trad. Lenke Peres. São Paulo:  Ed. Campus, Ltda. ;1998.
[2] TERRA, José Cláudio Cyrineu. A prática da Gestão do Conhecimento no Brasil e no exterior. Palestra em 2005, São Paulo https://pt.slideshare.net/jcterra/gestao-do-conhecimento-7-dimensoes
[3] SILVA, Ricardo; SOFFNER, Renato; PINHÃO, Carlos. A Gestão do Conhecimento. In SILVA, Ricardo Vidigal da; NEVES, Ana. Gestão de Empresas na Era do Conhecimento. São Paulo: Serinews, 2004.
[4] NONAKA, Ikujiro, TAKEUCHI, Hirotaka. Criação de Conhecimento na Empresa. Trad. Ana Beatriz Rodrigues, Priscilla Martins Celeste. 6ªEdição. Rio de Janeiro; Campus, 1997.
[5] SCATOLIN, Henrique Guilherme. A gestão do conhecimento nas organizações: o legado de Nonaka e Takeuchi. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 5, n. 2, p. 4-13, jul./dez. 2015. http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc. ISSN: 2236-417X Publicação sob Licença.

 

Sobre a autora

*Denise Bassani é professora do MBA Gerenciamento de Projetos (LabCEO/UFF), no qual leciona as disciplinas de Gestão do Conhecimento e Estratégias de Operações para em Gerenciamento de Projetos.  Possui Mestrado Profissionalizante em Sistemas de Gestão Universidade Federal Fluminense (2006). Tem experiência na área de Sistemas de Gestão da Qualidade, com ênfase em Gestão do Conhecimento e Garantia de Controle de Qualidade atuando no segmento do Petróleo e Petroquímico desde 2001.

Fale Conosco

MBA e Extensão

Unidade Niterói/Rio
Rua Passo da Pátria 156
São Domingos, Niterói Bloco D sala 240
2629 5496 | 2629 5566 | 97674 5543 | This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Unidade: Volta Redonda
Av. dos Trabalhadores, 420
Vila Santa Cecília - Volta Redonda 
24 2107-3503 | This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.